Última hora
This content is not available in your region

Robinson Crusoé italiano forçado a deixar a ilha onde vive sozinho

De  euronews
euronews_icons_loading
Robinson Crusoé italiano forçado a deixar a ilha onde vive sozinho
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Mauro Morandi, a quem muitos chamam o Robinson Crusoé italiano, vai deixar a ilha de Budelli onde viveu sozinho nos últimos 32 anos. O homem de 82 anos vivia num antigo abrigo da Segunda Guerra Mundial, de onde terá sido despejado pelas autoridades que gerem o parque nacional em que a ilha está inserida.

"Há 21 anos que luto continuamente contra aqueles que querem que eu vá embora. Agora estou realmente cansado disto, então vou embora. Espero que Budelli seja mantida como eu a mantive até agora", afirma Morandi.

Segundo o jornal "The Guardian", as autoridades responsáveis pelo parque acusam Morandi de ter feito alterações na ilha sem autorização. O italiano vai agora morar na ilha La Maddalena, a maior do arquipélago.

Foi em 1989 que Morandi chegou a Budelli, quando o catamarã em que viajava com destino ao Pacífico avariou e teve de parar na ilha. Acabou por substituir o homem que guardava a ilha, uma vez que ele estava prestes a reformar-se.