Última hora
This content is not available in your region

Incêndios: Mais cinco mortes na Turquia, Grécia no combate com 47 °C

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Incêndios: Mais cinco mortes na Turquia, Grécia no combate com 47 °C
Direitos de autor  AP/IHA
Tamanho do texto Aa Aa

Morreram mais cinco pessoas nos incêndios florestais na Turquia. São agora onze as vítimas mortais relacionadas com as chamas que deflagraram na semana passada no sul do país. Os números estão a ser avançados pela Agência de Notícias turca TRT.

As últimas cincos pessoas a não sobreviver morreram nas regiões de Manavgat e em Marmaris, na costa sul, que são também as zonas que levantam mais preocupação para os bombeiros. Foram evacuadas dezenas de casas, estâncias de férias e até praias. Dez pessoas estão internadas a receber cuidados nos hospitais.

A União Europeia mobilizou três meios aéreos - um croata e dois espanhóis - para ajudarem no combate às chamas, depois de a Turquia ter pedido ajuda ao bloco europeu.

Já foram controlados 100 focos de incêndio. No terreno continuam 58 meios aéreos e mais de 800 veículos de combate.

Temperaturas podem chegar aos 47 °C na Grécia

Também no Oeste da Grécia, os incêndios resistem ao combate há vários dias. O vento forte e o calor não ajudam. Estão 15 pessoas nos hospitais. Pelo menos quatro aldeias foram evacuadas perto de Patra, a terceira maior cidade do país.

Em certas zonas, esta terça-feira, as temperaturas devem atingir os 47 °C.

Múltiplos incêndios na Sicília, maioria com origem em mão criminosa

As autoridades italianas admitem que a maioria dos incêndios que deflagraram na ilha da Sicília, foram provocados por fogo posto. No terreno continuam 800 bombeiros.

Em Pescara, já na Itália continental, a Reserva Natural de Pineta Dannunziana está a arder. Também nessa região, várias casas foram evacuadas com a ajuda da força aérea.