Última hora
This content is not available in your region

"Blue Moon" brilha em San Sebastian

euronews_icons_loading
"Blue Moon" brilha em San Sebastian
Direitos de autor  San Sebastian International Film Festival
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A edição 69 do Festival Cinema de San Sebastian reforçou o lugar que este evento ocupa entre os principais encontros de cinema da Europa e do mundo.

Tal como em Cannes e Veneza, a grande vencedora foi uma mulher. A “Concha de Ouro” foi para atriz romena Alina Grigore que se estreou na realização com “Blue Moon”.

Ao receber o prémio, Grigore disse que a distinção “representa a coragem de uma equipa de artistas para expressar de uma forma diferente a criatividade feminina e a criatividade em geral”.

“Blue Moon” mostra o ambiente opressivo da Roménia rural e acompanha a evolução psicológica de uma jovem que sonha em escapar de uma família disfuncional.

O cinema espanhol também brilhou em San Sebastian. O filme “Quién lo impide”, de Jonás Trueba, ganhou um prémio coletivo para os seus 200 jovens artistas amadores

Para a atriz Candela Recio, o galardão “não é uma recompensa pela interpretação de personagens fictícias, mas pela capacidade de personagens reais se imaginarem como personagens fictícias”.

“Quién lo impide” uma experiência cinematográfica realizada antes e durante a pandemia sobre as aspirações e medos da juventude espanhola.

"Maixabel", um drama que recorda os dias negros da ETA ganhou o Prémio para o Melhor Filme Basco.