This content is not available in your region

Cinco mil quilómetros à volta de um prédio

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP
euronews_icons_loading
Cinco mil quilómetros à volta de um prédio
Direitos de autor  via video EBU

Há quem lhe o desafio da monotonia, mas a verdade é que é a corrida mais longa do mundo.

Os participantes da Corrida de Autotranscendência Sri Chinmoy não ultrapassam fronteiras, províncias ou cidades. Nem saem do mesmo bairro. São 5 mil quilómetros à volta de um prédio em Nova Iorque.

No final, os atletas dão cerca de 5500 voltas ao edifício, o equivalente a mais de duas maratonas por dia, num tempo máximo de dois meses.

O vencedor deste ano, Andrea Marcato, estabeleceu um novo recorde italiano e tornou-se na terceira pessoa mais rápida do mundo a completar a prova. Diz que participou por “satisfação pessoal” numa corrida que é “realmente invulgar e muito especial”. “Ser um finalista já é uma coisa importante", defende Marcato.

A corrida foi fundada em 1997 por Sri Chinmoy, um líder espiritual indiano que viveu em Nova Iorque.

Os participantes desta 25ª edição, que começou a 5 de setembro, afirmam que atingir o estado meditativo é fundamental para chegar ao fim.

O diretor da prova fala de um teste de “resistência, determinação e talento”. Sahishnu Szczesiul lembra que 4 mil pessoas já subiram o Everest, mas apenas 49 terminaram esta corrida.