EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Alemanha recorda ataque ao mercado de Natal em Berlim

Alemanha recorda ataque ao mercado de Natal em Berlim
Direitos de autor TOBIAS SCHWARZ/AFP or licensors
Direitos de autor TOBIAS SCHWARZ/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Homenagem na capital alemã às vítimas do atentado que fez 13 mortos e dezenas de feridos.

PUBLICIDADE

Cinco anos passaram e a Alemanha não esquece, como o demonstrou numa cerimónia este domingo. O atentado num mercado de Natal em Berlim fez 13 mortos e várias dezenas de feridos. O atacante - um tunisino de 24 anos - avançou com um camião sobre os transeuntes. O grupo Estado Islâmico viria a reivindicar o sucedido. O presidente alemão não evitou falar em responsabilidades.

"Temos de o reconhecer: o Estado não foi capaz de cumprir a promessa de proteção, segurança e liberdade. Está, por isso, em dívida com as vítimas mortais, os feridos e as suas famílias. Tem, portanto, o dever de perceber o que falhou, quais foram as omissões e problemas que não permitiram evitar este ataque", declarou Frank-Walter Steinmeier.

As homenagens tiveram lugar na Igreja da Memória, junto ao local do ataque, onde a torre do sino foi parcialmente destruída durante a Segunda Guerra Mundial e reerguida depois.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia investiga jovem que matou estudante em Heidelberg

No Museu da Comida Nojenta em Berlim há iguarias para (mesmo) todos os gostos

Detido na Alemanha um dos três membros da Fação do Exército Vermelho