This content is not available in your region

Ruínas e caos na cidade ucraniana de Mariupol

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Ruínas e caos na cidade ucraniana de Mariupol
Direitos de autor  AFP

Ruínas e caos em Mariupol. Desde o início da invasão russa, mais de 2 mil civis morreram na cidade ucraniana. Alguns corpos ficaram espalhados pelas ruas durante vários dias. Outros foram enterrados em valas improvisadas.

De acordo com o Presidente do país, Volodymyr Zelenskyy, aproximadamente 100 mil pessoas estarão bloqueadas no porto estratégico no mar de Azov. Os residentes lutam pela sobrevivência à medida que as tropas russas avançam.

As autoridades da cidade divulgaram o número de mortes depois da destruição do teatro a 16 de março: aproximadamente 300 pessoas terão perdido a vida. A confirmar-se este número tratar-se-á do pior massacre de civis desde o início da invasão por parte da Rússia.

Mariupol é considerada uma cidade estratégica para Moscovo, para que as forças russas possam avançar e consolidar o estabelecimento de uma ligação terrestre entre Donbass e a Crimeia, anexada por Vladimir Putin em 2014.