This content is not available in your region

DGS confirma pelo menos 14 casos de varíola-dos-macacos

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Varíola-dos-macacos
Varíola-dos-macacos   -   Direitos de autor  AP/CDC

As autoridades de saúde portuguesas confirmaram a existência de pelo menos 14 casos confirmados de varíola-dos-macacos na região de Lisboa e Vale do Tejo.

As informações foram avançadas pela Direção-Geral de Saúde, DGS.

Também em Espanha foram identificados vários casos. Até ao momento, Portugal é o país europeu com mais casos.

"Portugal, através da Direcção Geral de Saúde, confirmou que neste mês registaram-se mais de 20 casos suspeitos de infeção por varíola-dos-macacos. (...) Finalmente, o Ministério da Saúde de Espanha enviou um alerta às comunidades porque foram detetados 8 doentes em Madrid", afirma Enrique Perez, Gestor de Incidentes de Covid-19 na Organização de Saúde Pan-Americana.

Em Espanha todos os casos até agora identificados situam-se em Madrid.

O que estamos a ver nestes casos suspeitos é que têm um elemento comum e que são casos que se encontram na região (de Madrid). Não viajaram para zonas de África, que é onde este vírus normalmente circula
Araceli Arce
Vice-diretora de Saúde Pública e Vigilância para a região de Madrid

“O que estamos a ver nestes casos suspeitos é que têm um elemento comum e que são casos que se encontram na região (de Madrid). Não viajaram para zonas de África, que é onde este vírus normalmente circula, e não viajaram para os países que emitiram os primeiros casos, como o Reino Unido e Portugal", adianta Araceli Arce, vice-diretora de Saúde Pública e Vigilância para a região de Madrid.

O primeiro surto de varíola-dos-macacos identificado fora de África ocorreu em 2003 e resultou da importação de mamíferos infetados para os Estados Unidos, de acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.