Austrália abre polémica sobre Jerusalém Ocidental

Enquanto não houver acordo em negociações de paz, a capital é Telavive, diz o governo de Camberra
Enquanto não houver acordo em negociações de paz, a capital é Telavive, diz o governo de Camberra Direitos de autor AHMAD GHARABLI/AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Camberra declara que passa a considerar Telavive como a capital israelita

PUBLICIDADE

A Autoridade Palestiniana congratulou-se pela decisão da Austrália, que anunciou que deixa de reconhecer Jerusalém Ocidental como a capital de Israel. 

Enquanto não houver um acordo em negociações de paz, esse estatuto pertencerá a Telavive, diz o governo de Camberra

O primeiro-ministro israelita, Yair Lapid, veio prontamente contestar a deliberação e convocou o embaixador australiano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão

Israel diz ter descoberto túneis do Hamas debaixo da sede da UNRWA

Israel acolhe banda russa anti-Kremlin expulsa da Tailândia