Batalha iminente em Kherson nas mãos do exército russo há quase oito meses

Receios de uma ofensiva iminente contra Kherson
Receios de uma ofensiva iminente contra Kherson Direitos de autor ODED BALILTY/AP2006
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Exército russo desloca civis da cidade portuária.

PUBLICIDADE

A batalha de Kherson parece iminente e pode ser fundamental na contraofensiva das forças da Ucrânia. A cidade portuária na foz do rio Dnipro está nas mãos do exército russo há quase oito meses e, à medida que o exército ucraniano se aproxima das margens do rio, as forças russas retiraram-se de duas aldeias da região, (Chkalove e Charivne).

Perante o avanço de Kiev, os líderes pró-russos de Kherson lançaram uma vasta operação para evacuar a cidade. Os residentes deixam as casas à pressa, a bordo de um barco, para se refugiarem na outra margem sob controlo russo. Kiev fala de deportações, mas muitas pessoas dizem estar a par que esta é uma viagem sem regresso.

A Ucrânia teve de reduzir o consumo de eletricidade. Um terço das infraestruturas energéticas foi destruída por ataques russos, e o país teme um colapso total com a aproximação do inverno. As ruas de Kharkiv estão na plena na escuridão e as pessoas começam a adaptar-se à escassez. O presidente Volodymyr Zelensky anunciou que mais de 1.100 localidades estiveram sem energia neste domingo e voltou a pedir aos ucranianos para reduzirem o consumo de eletricidade, depois de novos ataque a infraestruturas energéticas

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ninhada de cachorrinhos salva de incêndio na Ucrânia

Um morto e doze feridos em ataque russo a Poltava na Ucrânia

Kremlin diz que ataque à central nuclear de Zaporíjia é "provocação perigosa" da Ucrânia