EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Seca ameaça maior lago de água salgada da Roménia

Lago Techirghiol é o maior lago da Roménia
Lago Techirghiol é o maior lago da Roménia Direitos de autor Vadim Ghirda/AP
Direitos de autor Vadim Ghirda/AP
De  Diana Sobaru
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A água recuou cerca de 50 metros no Lago Techirghiol, conhecido pelas qualidades da água salgada mineralizada e pela lama usada no tratamento de várias doenças

PUBLICIDADE

A seca ameaça o Lago Techirghiol, no leste da Roménia. A água recuou cerca de 50 metros. Este é o maior lago de água salgada da Roménia e é conhecido pelas qualidades da água salgada mineralizada e pela lama usada no tratamento de várias doenças.

"No lugar onde estou agora, havia água até há pouco tempo, mas por causa da seca, a água do lago recuou cerca de 50 metros. Aquele barco é um bom exemplo porque até há pouco tempo estava na água, agora está em terra firme", diz a repórter da Euronews Diana Sobaru. 

Dezenas de milhares de turistas nacionais e internacionais vêm todos os anos à procura de tratamentos de água salgada e lama.

"A lama é retirada das áreas profundas do lago, demora vários anos a ser produzida, a área de onde é retirada e a lama terapêutica têm vários anos de mineralização. Portanto, não é influenciada apenas por um determinado verão. Provavelmente, na Primavera vamos ver as águas chegarem aqui, não é certo mas é possível", afirma o investigador Adrian Bîlbă. 

Os especialistas dizem que a culpa é do aquecimento global, mas que a qualidade e a quantidade de lama não serão afetadas.

O Lago Techirghiol estende-se por uma área de 10 quilómetros quadrados e a sua profundidade máxima é de 9 metros em águas abertas, de onde a lama é extraída.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lago Techirghiol coberto por manto cor-de-rosa

Seca na Áustria deixa lago sem água

Estas cinco regiões do mundo poderão em breve enfrentar conflitos por causa da água