Greve dos transportes causa engarrafamentos em Paris

Portas fechadas na estação de Bir-Hakeim, Paris, França
Portas fechadas na estação de Bir-Hakeim, Paris, França Direitos de autor Michel Euler/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sindicatos dos trabalhadores exigem um ajuste dos salários à subida da inflação.

PUBLICIDADE

A RATP, empresa responsável pelos transportes públicos de Paris convocou greve para esta quinta-feira, 10 de novembro, e quase todas as linhas estão a sofrer perturbações no funcionamento. Grande parte do tráfego público está assegurada apenas nas horas de ponta. Às 9h da manhã, hora local, eram registados mais de 360km de filas de trânsito para entrar na cidade.

Os sindicatos dizem que este é apenas o começo de um movimento social que se deverá expandir nas próximas semanas, caso as exigências dos trabalhadores não sejam ouvidas.

Os funcionários das várias empresas de transportes oram convocados a sair às ruas de Paris e outras grandes cidades francesas, durante o dia, numa manifestação intersindical, para exigir melhores salários, melhores condições de trabalho e sobretudo para aumentar a pressão sobre a administração de Emmanuel Macron, particularmente no que diz respeito à reforma do sistema de pensões.

Muitos pedidos de outras greves estão já anunciados, incluindo uma greve ilimitada da RATP, a partir da próxima semana

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Greve paralisa comboios durante 24 horas na Áustria

Onda de greves na Europa devido ao aumento do custo de vida

Greve geral em França por aumentos salariais para fazer face à inflação