Andrej Babiš e Petr Pavel na segunda volta das presidenciais checas

Andrej Babiš, à esquerda e Petr Pavel, à direita, durante a votação na primeira volta das eleições presidenciais checas
Andrej Babiš, à esquerda e Petr Pavel, à direita, durante a votação na primeira volta das eleições presidenciais checas Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com 99,9% dos resultados da primeira volta apurados, os candidatos não conseguirão evitar um novo duelo porque estão longe de conseguir a maioria

PUBLICIDADE

O ex-primeiro-ministro populista checo, Andrej Babiš, e o general reformado Petr Pavel vão medir forças na segunda volta das eleições presidenciais na Chéquia, a 27 e 28 de janeiro.

Com 35,39% dos votos e os resultados praticamente apurados, Pavel, de 61 anos, lidera a contagem da primeira volta, seguido de perto por Babiš, de 68 anos, com 35% dos votos.

Em terceiro lugar encontra-se a economista e académica Danuše Nerudová, a única mulher candidata, com apenas 13,9% dos votos.

Neste momento estão apurados 99,9% dos resultados.

As urnas da primeira volta das eleições presidenciais, que contou com oito candidatos, encerraram hoje às 14:00 horas locais, menos uma hora em Lisboa, com uma elevada taxa de participação (67%.)

Mas à falta de maioria, as regras ditam que os dois candidatos mais votados voltem a enfrentar-se numa segunda volta.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eleições Portugal: Mais de 200 mil eleitores optaram por votar antecipadamente

Eleições parlamentares no Irão começam com mais de 15 mil candidatos

Donald Trump excluído do boletim de voto no Illinois