EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Trump começa a ser julgado por fraude em Nova Iorque

Donald Trump
Donald Trump Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ex-presidente dos EUA denuncia "burla" na abertura do processo civil de que é alvo em Nova Iorque

PUBLICIDADE

Donald Trump partiu diretamente para o ataque no arranque do julgamento por fraude, em Nova Iorque. 

O ex-presidente dos Estados Unidos senta-se no banco dos réus com dois dos seus filhos, acusado de sobrevalorizar de forma colossal durante anos o seu património, para garantir empréstimos bancários.

Trump classificou o processo civil de uma "burla" com motivações políticas.

Donald Trump, ex-presidente dos EUA:"Temos uma procuradora-geral racista, que é um espetáculo de horror, que se candidatou com base no pressuposto de que ia apanhar-me, antes mesmo de saber alguma coisa sobre mim. Ela usou isso para se candidatar a governadora. Falhou na tentativa de se candidatar a governadora. Não tinha praticamente nenhuma sondagem a favor. Ela disse: 'Bem, agora vou voltar para apanhar Trump'. E é isto que temos. É uma burla, é uma farsa."

A procuradora-geral Letitia James, que é democrata, quer ver Trump e os filhos multados em cerca de 250 mil milhões de dólares e proibidos de fazer negócios em Nova Iorque.

Letitia James, procuradora-geral do Estado de Nova Iorque:"A minha mensagem é simples: Por muito poderoso que alguém seja, por muito dinheiro que pense que tem, ninguém está acima da lei. E é minha responsabilidade, o meu dever e o meu trabalho aplicá-la. A lei é simultaneamente poderosa e frágil e hoje, no tribunal, vamos provar o nosso caso."

O juiz que conduz o processo já considerou Trump culpado de uma das acusações de que é alvo, ordenando que lhe fossem retiradas licenças comerciais.

O ex-presidente não enfrenta uma pena de prisão neste processo, mas este e outros problemas com a Justiça ameaçam seriamente as suas ambições na corrida presidencial de 2024.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado