Canábis contra o stress de guerra: Parlamento ucraniano aprova marijuana para fins medicinais

Uso da droga para fins recreativos continua a ser proibido
Uso da droga para fins recreativos continua a ser proibido Direitos de autor Sakchai Lalit/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O projeto, proposto pelo primeiro-ministro Denis Shmyhal, prevê que a erva possa ser vendida sob receita médica.

PUBLICIDADE

Pode a canábis ajudar a aliviar o stress em tempo de guerra? O parlamento ucraniano parece pensar assim e aprovou a legalização da marijuana para fins medicinais, um projeto proposto pelo primeiro-ministro Denis Shmyhal. A guerra com a Rússia deixou muitas pessoas com perturbações de stress pós-traumático e a canábis pode ser um instrumento eficaz de alívio.

A lei deve entrar em vigor dentro de seis meses. A legislação impõe controlos rigorosos à produção e distribuição de canábis e será necessária uma receita médica para obter a erva. O uso recreativo continua a ser proibido e permanece uma infração penal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Venda legal de canábis na Suíça

Polícia espanhola apreende 8 toneladas de cocaína

"Pai Natal" prende gang de traficantes no Peru