Arvo Pärt: uma música que nos aproxima do silêncio

Arvo Pärt: uma música que nos aproxima do silêncio
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Arvo Pärt marcou o mundo da música com criações minimalistas baseadas em repetições hipnóticas. O compositor estónio acaba de fazer 80 anos. Em

PUBLICIDADE

Arvo Pärt marcou o mundo da música com criações minimalistas baseadas em repetições hipnóticas. O compositor estónio acaba de fazer 80 anos. Em Talim, o centro Arvo Pärt organiza uma série de eventos para prestar homenagem a um dos grandes nomes da vanguarda artística do século XX.

“A música dele faz-nos sentir e pensar. Não podemos apenas ouvi-la, temos de escutar a música”, sublinhou Annu Kivilo, diretora do centro.

Arvo Pärt nasceu na Estónia e era criança quando o país foi ocupado pela União Soviética. Após vários anos de estudo e trabalho artístico em torno do serialismo, o compositor foi obrigado a abandonar o país em 1980 devido à censura.

“Nesta época cheia de ruído, Arvo Pärt aproxima-nos do silêncio. A música dele transmite-nos uma ideia de equílibrio”, disse o maestro Tonu Kaljuste, grande conhecedor da obra do mestre estónio.

Recentemente, Pärt colaborou com o encenador norte-americano Robert Wilson para criar a peça de teatro “A paixão de Adão”.

Arvo Pärt não marcou apenas a música erudita. A obra do compositor estónio é uma influência assumida por grandes nomes do rock alternativo e experimental, como PJ Harvey e Nick Cave.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estilista saudita Reem al Kanhal reinventa vestidos árabes tradicionais

Banda sonora da Guerra das Estrelas em 3D

Novas séries de televisão apresentadas no Festival de Monte Carlo