EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Festival de Veneza rendida ao 'Joker'

Festival de Veneza rendida ao 'Joker'
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O filme de Todd Phillips, com Joaquin Phoenix no papel do arqui-inimigo de Batman, foi apresentado no festival e conquistou críticos e público.

PUBLICIDADE

O festival de Cinema de Veneza foi tomado de assalto este sábado pelo 'Joker'. Agora interpretado por Joaquin Phoenix, o arqui-inimigo do Batman ganha um filme em nome próprio sob a realização de Todd Phillips.

Na corrida com outros 20 filmes nomeados para o Leão de Ouro, 'Joker' conquistou, para já, uma ovação de pé do público durante oito minutos e parece estar lançado para a época de prémios em Hollywood.

Joaquin Phoenix é o rosto da evolução do palhaço a génio louco do crime em Gotham City, revelando um estudo aturado da personagem e desenvolvendo - como nunca antes - as relações pessoais e familiares de Arthur Fleck até se tornar o 'Joker'.

Um dos aspetos mais difíceis, segundo o ator, foi a célebre gargalhada do palhaço, que aqui assume um caráter quase "doloroso". O ator, de 44 anos, preparou-se durante oito meses para o icónico papel que já passou por Jack Nicholson, Heath Ledger - que venceu o Óscar de melhor ator secundário a título póstumo com a sua interpretação em 'Cavaleiro das Trevas' (2008) - e Jared Leto.

Outro destaque do dia  no certame coube a "Ema", a mais recente obra do realizador chileno Pablo Larrain. Uma presença habitual em Veneza, Larrain apresenta a história de um casal que tenta lidar com um processo de adoção que não corre da melhor maneira.

Por fim, numa sessão especial fora de concurso, o realizador Gaspar Noé exibiu uma nova versão de Irreversível. O polémico filme de 2002 com Monica Belluci ganha agora uma montagem em ordem cronológica e não do fim para o início, como na versão original.

Outras fontes • Reuters / EFE

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"À espera dos Bárbaros" está na corrida para o Leão de Ouro

Dia de Meryl e Penélope em Veneza

Poucas mulheres e Polanski: as críticas que abrem o Festival de Veneza