This content is not available in your region

Lausanne contaminada com dioxinas

euronews_icons_loading
Lausanne contaminada com dioxinas
Direitos de autor  FABRICE COFFRINI/AFP or licensors
De  Euronews  com AFP

Lausanne, a quarta maior cidade da Suíça, enfrenta um problema sem precedentes no país: a poluição por dioxinas.

Com cerca de 140 mil habitantes, a cidade foi um local de descargas tóxicas de um antigo incinerador de resíduos domésticos. A contaminação foi descoberta por acaso no início do ano e esta semana as autoridades revelaram que a poluição é mais grave e afeta uma região maior do que se pensava

A área afetada tem mais de 5 quilómetros de comprimento, desde as margens do Lago de Genebra até ao nordeste da cidade, e cerca de 3,5 quilómetros de largura.

Natacha Litzistorf, membro do Conselho Municipal de Lausanne, reconhece o “grande problema” que a cidade enfrenta mas lembra que "esta é uma questão que se coloca em todas as cidades que tiveram instalações de incineração".

As dioxinas podem causar danos ao sistema imunitário, ao sistema nervoso em desenvolvimento, ao sistema endócrino e às funções reprodutivas, mas até agora não foram apresentados quaisquer casos.

O incinerador de resíduos domésticos responsáveis pela poluição por dioxinas em Lausanne esteve em funcionamento entre 1958 e 2005, no centro da cidade.