EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Terrorismo: Ministros europeus unidos na necessidade de reforçar partilha de informação

Terrorismo: Ministros europeus unidos na necessidade de reforçar partilha de informação
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Reunidos de emergência em Bruxelas, no rescaldo dos atentados terroristas desta semana na capital belga, os ministros do Interior e da Justiça da

PUBLICIDADE

Reunidos de emergência em Bruxelas, no rescaldo dos atentados terroristas desta semana na capital belga, os ministros do Interior e da Justiça da União Europeia mostraram-se a favor da necessidade de melhorar a partilha de informação privilegiada e de implementar decisões para fazer frente à ameaça terrorista.

“Uma questão bastante importante é a que está relacionada com a total partilha de informação judicial. Todos os dias percebemos, no quadro do que aconteceu em Paris e em Bruxelas, como é importante que os nossos serviços de inteligência, os nossos serviços judiciais, troquem toda a informação relevante que é requerida”, sublinhou, no final do encontro, o ministro belga da Justiça, Koen Geens.

O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, reforçou que a diretiva PNR – Registo de Identificação de Passageiros, para fazer frente ao crime e ao terrorismo, deve ser implementada o quanto antes: “Insisto na necessidade de reforçar os controlos nas fronteiras externas da União Europeia. […] Isso exige que os Estados-membros adaptem rapidamente os aeroportos a estas circunstâncias.”

James Franey, euronews – Apelar a uma maior partilha de informação e a uma melhor cooperação em matéria de terrorismo não é novo. A União Europeia já o fez anteriormente na sequência de ataques terroristas no velho continente. O problema é que se trata de um domínio egoisticamente guardado pelos Estados-membros da União Europeia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente do PPE diz que grupo tem a "porta aberta" para o partido rival de Orbán

Homem com "ligações à extrema-direita" detido por ataques com faca a crianças na Finlândia

Princesa de Gales fala sobre os tratamentos para o cancro: "Estou a fazer progressos"