"Breves de Bruxelas": a fragmentação políticas e as suas consequências

"Breves de Bruxelas": a fragmentação políticas e as suas consequências
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Igualmente em destaque está o pedido de Bruxelas a Londres relativo ao envio de um comissário

PUBLICIDADE

Nesta edição destacamos a questão da fragmentação política. Para ilustrar os problemas associados a esta questão recorremos ao exemplo da Bélgica que decorridos mais de 160 dias sobre as eleições federais ainda não tem governo.

Destacamos ainda a carta enviada pela presidente-eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, a Londres para pedir o envio de um comissário europeu.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Breves de Bruxelas": vitória para o Estado de Direito e protestos vindos da Amazónia

"Breves de Bruxelas": Dedo apontado à PAC e o Dia da Desigualdade Salarial

"Breves de Bruxelas": A despedida adiada de Jean-Claude Juncker