França vai perder o título de segundo país mais visitado da Europa

A Turquia registou um aumento de 73% no número de visitantes em comparação com 2019\.
A Turquia registou um aumento de 73% no número de visitantes em comparação com 2019\. Direitos de autor Engin Yapici
De  Rebecca Ann Hughes
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A Turquia registou um aumento de 70% no número de visitantes desde a pandemia.

PUBLICIDADE

Se pensa que os destinos de férias europeus têm estado cheios este ano, tem razão.

Com a expansão do turismo ao longo de 2023, o número de visitantes da Europa atingiu os níveis anteriores à pandemia.

Medido em termos de despesas, o valor das viagens recebidas também será 19% superior ao de 2019, de acordo com o recém-publicado WTM Global Travel Report, em associação com a Tourism Economics.

E há um país que registou um aumento impressionante no número de visitantes e deverá ultrapassar a França como o segundo país mais visitado da Europa em 2024.

Turquia regista um aumento de mais de 70% no número de visitantes

Embora o número global de visitas à Europa tenha diminuído 3 por cento, de 440 milhões em 2019 para 428 milhões em 2023, a Turquia registou um aumento de 73% no número de visitantes em comparação com 2019.

Como tal, supera os dois maiores mercados da Europa, França e Espanha, que registaram um aumento de 33% e 31% em relação a 2019, respetivamente.

A Croácia, o décimo maior mercado da região, tem tido outro desempenho de destaque, prevendo-se que em 2023 o número de visitantes aumente 51% em relação aos níveis anteriores à pandemia.

O que está por detrás do "boom" turístico da Turquia?

Com a queda da lira turca, as férias na Turquia tornaram-se mais acessíveis para muitos viajantes.

A costa de águas cristalinas e as estâncias de luxo tornaram-se uma alternativa mais económica à Riviera italiana ou à Côte d'Azur francesa.

Istambul atrai os visitantes pelos seus bairros animados e pela espetacular arquitetura otomana, enquanto Éfeso, na costa ocidental, é uma maravilha antiga com monumentos colossais.

No coração da Turquia, os visitantes podem conhecer a paisagem da Capadócia, esculpida nas rochas, a partir de balões de ar quente e de hotéis-caverna.

É também um dos únicos destinos europeus que não proibiu os voos da Rússia, prevendo-se que um total de 7 milhões de russos visitem a Turquia em 2023, contra cerca de 5 milhões em 2022.

Qual será o país mais visitado em 2024?

O relatório da WTM também prevê que a atração da Turquia continuará em 2024 e ultrapassará a França como o segundo país mais visitado da Europa.

A organização prevê um crescimento contínuo para Espanha, França e Turquia, com um aumento em valor de 74, 80 e 72 por cento, respetivamente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Não é só Pisa - a torre inclinada de Bolonha está em "alerta máximo" devido ao receio de que possa ruir

Há milhares de tarifas de comboio com desconto para 2024

Vulcão islandês 2023: Qual a probabilidade de uma erupção e como afetará as viagens?