Última hora
This content is not available in your region

Qatar vende dívida do Barclays

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Qatar vende dívida do Barclays
Tamanho do texto Aa Aa

Será que o interesse do Qatar na Europa está a desaparecer?

Ainda não. Mas a Qatar Holding, o fundo de riqueza do Emirado, decidiu converter em dinheiro 379 milhões de “warrants” que detinha do Barclays. Com esta operação, o Qatar pode lucrar 220 milhões de euros. Ao mesmo tempo, o Deutsche Bank e o Goldman Sachs ofereceram ações no valor de 914 milhões de euros.

O Qatar comprou estes “warrants”, ou seja, dívida convertível em ações, durante a operação de recapitalização do banco em 2008 e está agora a vendê-los.

A autoridade financeira britânica está a investigar estes fundos do Qatar e de Abu Dhabi, ao mesmo tempo que o Barclays tenta evitar um plano de resgate do Estado.

Como resultado, no meio destas incertezas e da investigação de que o banco é alvo, o Barclays foi o título que mais desceu no índice principal de Londres, ao perder 5,4%.

No entanto, a Qatar Holding continua a ser o maior acionista individual, com uma fatia de 6,7%.

Num comunicado, diz que mantém a confiança nas perspetivas a longo prazo do Barclays.

Com ativos que valem mais de 100 mil milhões de dólares, o gigante do investimento continua a alastrar-se pela Europa e a fazer crescer o portfólio.