Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Cimeira Wise: Reinventar a Educação

Cimeira Wise: Reinventar a Educação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Qual o papel dos professores? Como tirar o melhor partido dos recursos pedagógicos? Os cursos on-line vão democratizar a educação?

Essas questões são abordadas em Doha, na quinta edição da Cimeira Mundial para a Inovação na Educação, WISE.

Abdullah Al Thani, Presidente da WISE: “Com todos os desenvolvimentos que estão a acontecer na educação, com o envolvimento do on-line e da forte tecnologia existe uma mudança na educação em todo o mundo. Muitos sistemas de ensino não conseguem oferecer uma educação normal como pretendemos, devido a guerras civis e a outros conflitos.

E este tema é muito querido de sua alteza Moza Bint Nasser. Então é altura de parar e pensar se estamos a fazer a coisa certa na educação.”

Sheikha Moza Bint Nasser Al-Missned é a mãe do Emir do Qatar e presidente da Fundação com o mesmo nome.

Entregou à colombiana Vicky Colbert, o Prémio WISE 2013 para a educação, no valor de meio milhão de dólares, pelo seu modelo pedagógico “Escuela Nueva” vocacionado para crianças desfavorecidas da Colômbia.

Abdulla bin Ali Al-Thani, Ph.D., Presidente da WISE, Fundação do Qatar: “Tenho a certeza que vai continuar com o sucesso dos vencedores do passado, para mostrar ao mundo que são embaixadores, que devem servir de exemplo.”

Mais de 1.500 profissionais de educação, decisores e atores económicos vieram de todo o mundo e estão envolvidos nestas discussões que visam descobrir como melhorar a educação tendo em conta as necessidades da vida real. Discussões que, por vezes, causam polémica sobre a forma de educar as crianças carenciadas ou em zonas de conflito.

John Mahaffie, Cofundador e diretor, LLCEUA: “Acredito que os Cursos Online Abertos e Massivos vão democratizar o ensino superior porque se encararmos os Moocs não da forma como são atualmente, mas como evoluem, melhoram e como se tornam mais do que uma tecnologia de substituição do professor.”

Androulla Vassiliou, comissária europeia para a educação: “A vida está-se a tornar muito difícil, muito complicada e globalizada, as competências que precisamos para o futuro são muito diferentes das que precisávamos no passado.”

John Mahaffie: “Se vemos a possibilidade de uma educação sem professores, a resposta é sim. A educação pode prosseguir com novos tipos de ensino, a auto instrução, algo que a tecnologia pode trazer.”

Androulla Vassiliou: “Incentivar os jovens a ousar, a experimentar e estarem preparados para falhar”.

Os jovens que fazem parte do programa WISE: “Learners’ Voice”, a voz dos alunos, também tiveram uma palavra a dizer na cimeira. Oportunidade para apresentar as atividades realizadas durante o ano.

Abdulla bin Ali Al-Thani: “O número de alunos tem vindo a aumentar a cada ano e estão a ficar mais ativos. Queremos ouvir o que querem. Será que estamos a ser bem sucedidos e a fornecer o que é necessário? Ou estamos a falhar? E se estivermos, quais as melhores formas de seguir em frente com a nossa educação?”

euronews: “Os prémios Wise são outro programa bem-sucedido. O que se destacou para si, nos seis vencedores deste ano?”

Abdulla bin Ali Al-Thani: “Foi interessante percebermos que houve uma grande mistura geográfica entre os vencedores, o número de candidatos está a aumentar e este ano tivemos mais de 400. Torna-se mais difícil para nós, enquanto júri, fazer uma seleção de apenas seis. Atravéz do nosso reconhecimento conseguimos atrair as atenções para projetos importantes em todo o mundo, que podem ser usados e reproduzidos por outras pessoas também em todo o mundo.”

A educação tornou-se uma prioridade no Catar, este Estado do Golfo está a reorientar a sua economia do conhecimento.