Última hora
This content is not available in your region

NATO alerta para "escalada militar muito grave" na Ucrânia

De  Euronews
euronews_icons_loading
NATO alerta para "escalada militar muito grave" na Ucrânia
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de ter anunciado, na semana passada, que a Rússia reforçou as manobras para desestabilizar a Ucrânia; o secretário-geral da NATO foi revelar os detalhes dessa avaliação aos ministros da Defesa da União Europeia (UE) reunidos, esta terça-feira, em Bruxelas.

Jens Stoltenberg disse que “os dados que temos confirmam as informações recebidas através de outras fontes sobre um reforço militar no interior da Ucrânia, mas também estamos a observar um reforço militar do lado russo da fronteira”.

“Esse reforço é feito com tropas, equipamentos, artilharia e sistemas de defesa aérea muito modernos. É uma escalada militar muito grave”, acrescentou o secretário-geral.

Os observadores no terreno pertencentes à Organização para a Segurança e Cooperação na Europa também alertaram para uma nova corrida às armas do lado separatista, o que viola o acordo de cessar-fogo assinado a 5 de setembro.

O presidente da Rússia já negou estas acusações de ajuda aos rebeldes, cujos confrontos com as forças de Kiev já fizeram mais de 4100 mortos.