EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Revista do ano 2014: Os primeiros seis meses

Revista do ano 2014: Os primeiros seis meses
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Bem-vindo à revista do ano 2014, rica em emoções desportivas e para a qual escolhemos um grande evento ou uma pessoa para cada mês deste magnífico

PUBLICIDADE

Bem-vindo à revista do ano 2014, rica em emoções desportivas e para a qual escolhemos um grande evento ou uma pessoa para cada mês deste magnífico ano desportivo.

Janeiro
O ano abriu com o tradicional concerto em Viena e saltos de esqui. Mês frio e de muita neve. Mas… e se dermos a volta à situação? No hemisfério sul, janeiro é o mês dos churrascos, do calor e da praia. Acima de tudo, é a altura de uma corrida lendária, o Dakar, o rali por excelência, é um teste à capacidade humana sobre rodas e que liberta paixões desenfreadas. Uma vez mais decorreu na América do Sul, percorrendo três países: Argentina, Bolívia e Chile. O espanhol Marco Coma (KTM) venceu nas motos, com o português Hélder Rodrigues (Honda) a terminar em quinto. Nos automóveis, Carlos Sousa (Haval) entrou a ganhar a primeira etapa, não chegou ao fim e acabou por ser o também espanhol Nani Roma (Mini) a festejar. Nos camiões, domínio russo, com triunfo de Andrey Karginov ao volante de um Kamaz.

Classement officiel du #Dakar2014 ! Auto: Roma . Moto :Coma. Quad: Casale. Camion :Karginov. dakar</a> <a href="https://twitter.com/SportAutoLive">SportAutoLive. pic.twitter.com/XKBnPa6nBI

— News Sport Auto (@RollandThibaul7) 20 janeiro 2014

Fevereiro
O segundo mês do ano é sinónimo, de quatro em quatro anos, de Jogos Olímpicos de Inverno. Quais são as recordações que vamos guardar dos jogos de Sochi? A alegria de Ole Einar Bjorndalen ou a dor de Axel Lund Svindal? Os adeptos russos também tiveram altos e baixos. A equipa olímpica da casa ocupou o primeiro lugar da lista dos países medalhados mas sem qualquer medalha no hóquei em gelo o quadro parece incompleto. Portugal esteve presente através dos esquiadores lusodescendentes Camille Dias e Arthur Hanse, que tiveram prestações modestas entre os mais de 2500 atletas oriundos de 88 países, que lutaram pelas 264 medalhas disputadas em Sochi.

Russia tops Sochi medals table with 13 golds, Norway comes a close second http://t.co/nCQRdedgVu#htpic.twitter.com/jJ8XAL21rt

— Hindustan Times (@htTweets) 24 fevereiro 2014

Março
O torneio de râguebi das Seis Nações, em março, deixou-nos alguns números para os anais da história da modalidade: – 20: o número de vitórias da Irlanda na competição; – 66 : o total de pontos obtidos por Jonathan Sexton; – 83: a diferença de pontos que permitiu ao “XV” da Irlanda ultrapassar a Inglaterra; – 141: o recorde de internacionalizações obtido por Brian O’Driscol, alcançado no dia 15 de março no Stade de France.

O número que desconhecemos é o da quantidade de canecas vendidas em Dublin durante os festejos do título.

Congratulations to Ireland "Six Nations Winners" & happy #StPatricksDay 30% Off 6 Nations: http://t.co/PQPyJYHc3Kpic.twitter.com/mQzoXSSIEJ

— Front Up Rugby (@FrontUpRugby) 17 março 2014

Abril
No quarto mês de 2014, ao ganhar o primeiro “Major” da época de golfe, em Augusta, Estados Unidos, Bubba Watson obteve o segundo triunfo num torneio desta categoria em três anos. Com esta vitória, tornou-se no 17° golfista a ganhar mais do que um torneio “Major” desde 1934. Bubba Watson é conhecido pelos “drives” efetuados com o seu taco cor-de-rosa. Abril foi o mês de Bubba, durante o qual superou rivais como Jonas Blixt e Jordan Spieth, por 3 pancadas.

Heartiest congratulations to bubbawatson</a> on winning his second Masters in three years at Augusta..&#10;<a href="https://twitter.com/hashtag/WellDeserved?src=hash">#WellDeserved</a> <a href="http://t.co/TfYKSNyf5B">pic.twitter.com/TfYKSNyf5B</a></p>&mdash; adi (AdiUttam) 16 abril 2014

Maio
A meio da primavera, o bom tempo começou a instalar-se no nosso quotidiano. As esplanadas começaram a encher-se. Maio é também o mês da final da Liga dos Campeões, que este ano teve como palco o Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal. Foi, finalmente, o ano da tão desejada (em Madrid, entenda-se) “La Décima”. No entanto, mais pareceu uma final da Taça do Rei ou da Associação de futebol de Madrid. Frente a frente, Real Madrid e o rival Atlético de Madrid. Um dérbi, portanto, jogado em Lisboa. Com a equipa de Cristiano Ronaldo, Pepe e Coentrão a perder diante da de Tiago quando o jogo chegou aos 90 minutos, um golo de Sérgio Ramos levou a final para prolongamento. Com mais “pernas”, os “blancos” acabaram por ganhar, por 4-1, com Ronaldo a fechar a contagem diante ao campeão sensação dos principais campeonatos nacionais europeus.

Foi o jogo mais emocionante que eu já vi ! Real Madrid vs Atlético de Madrid, final das champions no estádio da luz pic.twitter.com/FJDP4WSfcM

— Goblin (@diogoandregomes) 17 setembro 2014

Junho
O acontecimento mais notável de junho no mundo de desporto foi a nona vitória de Rafael Nadal em Roland Garros (a estreia de Portugal no Mundial de futebol é obviamente para esquecer). Ao bater o então número dois mundial, o sérvio Novak Djokovic, o espanhol tornou-se no primeiro tenista do ranking ATP a ganhar nove vezes o mesmo torneio. Com este triunfo na terra batida de Paris, Rafael Nadal alcançou, aos 28 anos, o décimo quarto título do “Grand Slam” da carreira. Além disso, melhorou as suas estatísticas na capital francesa. Nadal conquistou Roland Garros logo na primeira participação, contabilizando uma derrota e 66 vitórias em dez anos.

EL HOMBRE RÉCORD: Nadal es el único tenista en conseguir 9 veces un GS con sus victorias cosechadas en Roland Garros pic.twitter.com/t9N4SSh8sO

— Gaston Taborda (@gazti10) 15 agosto 2014

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Revista do ano 2014: Segundo semestre

Revista do ano 2014: Top 10

Revista do ano 2014: Flop 10