EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Italianas sequestradas na Síria regressam a Roma

Italianas sequestradas na Síria regressam a Roma
Direitos de autor 
De  Michel Santos com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Ao nascer do sol, Greta Ramelli de 20 anos e Vanessa Marzullo de 21, aterraram no aeroporto de Ciampino de Roma. As duas trabalhadoras italianas

PUBLICIDADE

Ao nascer do sol, Greta Ramelli de 20 anos e Vanessa Marzullo de 21, aterraram no aeroporto de Ciampino de Roma.

As duas trabalhadoras italianas, naturais da Lombardia, estavam sequestradas na Síria desde o dia 31 de julho.

Foram recebidas no aeroporto pelo ministro italiano dos negócios estrangeiros Paolo Gentiloni que afirmou que a libertação das duas jovens foi o resultado de intenso trabalho.

Mas com base em contas ‘jihadistas’ nas redes sociais, alguns média estrangeiros afirmam que foi pago um avultado resgate.

No último dia do ano, Greta e Ramelli apareceram num vídeo do ‘youtube’ a pedir ao governo italiano para as resgatar.

O vídeo tinha o título: a Frente Al-Nursa (al-Qaida da síria) detém duas italianas por causa da participação de Roma na coligação internacional de combate ao Grupo Estado islâmico na Síria.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guerra na Ucrânia domina cimeira do G7 em Itália

Em Monfalcone, Itália, um terço dos residentes é imigrante mas a autarquia é de extrema-direita

Museu italiano recria floresta de borboletas da Tanzânia