EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Rússia: Mãe de sete filhos acusada de traição à nação

Rússia: Mãe de sete filhos acusada de traição à nação
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Svetlana Davydova foi presa, na semana passada, por suspeita de traição depois de telefonar para a embaixada ucraniana a informar sobre possíveis movimentações das tropas russas.

O marido, Anatoly Gorlov, explicou que Svetlana Davydova é contra o conflito no leste da Ucrânia, que já matou mais de 5 mil pessoas, desde abril do ano passado. Há uma semana que não vê a mulher: “Ela possivelmente pensou que ao avisar a embaixada ucraniana, menos pessoas morreriam, e, para além disso, eles dizem que a Rússia não está em guerra… Tenho a certeza que ela não tinha más intenções.”

Svetlana Davydova é mãe de sete filhos e estava de licença de maternidade, a tomar conta da filha de dois meses, quando foi presa: “As crianças estão todas a sofrer à sua maneira, porque a mãe desapareceu. Dizem que a mãe não está aqui, que está noutro sítio, atrás das grades, na prisão, mas também sabem que o pai vai fazer tudo o que puder para que voltem a ter a mãe”, acrescenta o marido.

O advogado de Svetlana Davydova disse que foi acusada da revelação de segredos de Estado, um crime com uma pena que pode ir até aos 20 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin ameaça a Alemanha: Rússia pode fornecer armas para atingir alvos ocidentais

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia