Última hora
This content is not available in your region

Kiev acusa separatistas de falsa retirada

Kiev acusa separatistas de falsa retirada
Tamanho do texto Aa Aa

Os separatistas no leste da Ucrânia anunciaram o início da retirada das armas pesadas da linha de frente, mas os militares ucranianos dizem que não acreditam na manobra.

Kiev receia que os rebeldes estejam apenas a reagrupar-se para recuperar o controlo de Mariupol.

Este comandante rebelde conta:
“A retirada de armamento começa a partir de quatro cidades Debaltseve, Horlivka, Donetsk e Telmanove. Estamos a deixar a linha de frente. Mas não vamos deixar todas as cidades. Por exemplo: no momento retiramos do aeroporto”.

Vários autocarros de soldados ucranianos levam os militares de regresso a casa após seis meses de combates no nó ferroviáriode Debaltseve nas mãos dos separatistas pró-russos na semana passada.

Sobre a trégua o porta-voz do exército, Andriy Lysenk, explica:

“A principal e a única condição para o início da retirada de “armas pesadas é o cumprimento do artigo primeiro dos acordos Minsk: o cessar-fogo. O cessar- fogo ainda não foi estabelecido e eles dizem que começaram a retirada das armas, os rebeldes estão a reagrupar-se e mudam apenas as armas de direção “.