Última hora
This content is not available in your region

Aventuras de Clinton viram comédia musical

Aventuras de Clinton viram comédia musical
Tamanho do texto Aa Aa

As aventuras de Bill Clinton, Monica Lewinsky e Hillary são agora uma comédia musical em cena em Nova Iorque.

Nós metemo-nos com toda a gente. A comédia é isso mesmo. O ser humano é engraçado e por isso gostamos de rir.

Os críticos dizem que se trata de uma deliciosa comédia. A estreia foi no Fringe Festival de Edimburgo, em 2012. As diatribes do ex-presidente americano também já passaram por Londres, mas entretanto a peça sofreu mudanças: “Desde que o espetáculo esteve no Festival de Teatro Musical de Nova Iorque, só duas canções se mantiveram. Todo o resto foi reescrito. Houve muitas mudanças, porque aconteceu muita coisa na política e queremos manter-nos atualizados”, diz Paul Hodge, um dos autores.

A personagem de Bill Clinton é interpretada por dois atores, que encarnam personalidades bastante diferentes do presidente. No entanto, Hillary Clinton é a única a conseguir ver as duas.

A ideia foi de Michael Hodge, irmão de Paul Hodge e co-autor da peça: “Nós metemo-nos com toda a gente. A comédia é isso mesmo. Não há nenhuma intenção política nisto, apenas gostamos de olhar para os seres humanos. O ser humano é engraçado e por isso gostamos de rir”, remata Paul.

A ideia de fazer um musical sobre a presidência de Clinton surgiu há cerca de dez anos, quando os irmãos Hodge viram o musical “Keating!”, sobre o primeiro-ministro Paul Keating.

Clinton, the Musical está em cena no teatro New World Stages de Nova Iorque e pode ser vista pelo menos até setembro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.