EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Greve dos maquinistas alemães suspensa: Luta de sindicatos parece sorrir ao GDL

Greve dos maquinistas alemães suspensa: Luta de sindicatos parece sorrir ao GDL
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Reuters, Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A companhia de caminhos-de-ferro da Alemanha, a Deutsch Bahn, chegou a um acordo de intenções com o sindicato dos maquinistas e anunciou esta

PUBLICIDADE

A companhia de caminhos-de-ferro da Alemanha, a Deutsch Bahn, chegou a um acordo de intenções com o sindicato dos maquinistas e anunciou esta quinta-feira o fim da greve dos maquinistas que havia começado na terça-feira — foi a nona em menos de 10 meses.

S-Bahn-Ersatzfahrplan erneut erweitert (Stand 17 Uhr): Linie S9 fährt seit den Mittagsstunden wieder von… http://t.co/j5F41Iy3qx#DBVm

— Deutsche Bahn (@DB_Info) 20 maio 2015

O GDL vê esta abertura da Deutsch Bahn, para ser estabelecida uma mediação do conflito, como uma vitória na luta para conseguir um acordo laboral exclusivo para os seus membros, independente daquele que a companhia celebrar com o EVG, o mais significativo sindicato ferroviário alemão.

“O GDL conseguiu o que esteve sempre a reclamar: uma declaração de intenções por escrito, na qual é claramente estipulado que os nossos membros vão ter o seu próprio acordo laboral mesmo que o empregador não consiga negociar um acordo uniforme com o outro sindicato ferroviário”, afirmou
Claus Weselsky, o líder do GDL.

O EVG, por outro lado, emitiu um comunicado esta quinta-feira, no qual diz ter entrado também numa “fase decisiva” das negociações com a Deutsch Bahn. “Não vamos aceitar uma conclusão que proporcione um final diferente para as convenções coletivas de trabalho para diferentes grupos profissionais dentro da empresa”, afirmou a porta-voz do EVG, Regina Rusch-Ziemba.

Em relação à greve dos maquinistas, a Deutsch Bahn anunciou o fim imediato da paralisação dos comboios, que havia começado pelos de mercadoria na terça-feira e incluído os de passageiros na quarta. Mas o GDL apenas garante um retomar gradual do serviço, sublinhando que apenas a partir das 19 horas (18 horas em Lisboa) os maquinistas estariam a trabalhar a 100 por cento.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> Streik wird heute um 19.00 Uhr beendet.http://www.gdl.de/Aktuell-2015/Pressemitteilung-1432184132

Posted by GDL stauner on Quinta-feira, 21 de Maio de 2015

A mediação agora aceite entre a Deutsch Bahn e o GDL vai prolongar-se até 17 de junho e até lá os maquinistas alemães não poderão voltar a fazer parar os comboios como forma de protesto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento alemão debate violência no país e condena ataque contra Robert Fico

Borrell compara destruição em Gaza com danos causados nas cidades alemãs na Segunda Guerra Mundial

Três alemães detidos por suspeitas de espiarem para a China