EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Qualificação Euro2016: Portugal vence (3-2) na Arménia e Ronaldo chega aos 55 golos

Qualificação Euro2016: Portugal vence (3-2) na Arménia e Ronaldo chega aos 55 golos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Anfitriões ainda marcaram primeiro num "golaço" do brasileiro naturalizado arménio Marcos Pizzelli. Mas depois... surgiu o capitaão da seleção nacional. Tiago ainda foi expulso.

PUBLICIDADE

Lusa (crónica de Luís Garoupa, em Erevan) — Um ‘hat-trick’ de Cristiano Ronaldo garantiu a Portugal a primeira vitória da história na Arménia, por 3-2, e deixou a seleção lusa com um ‘pé’ na fase final do Europeu de futebol de 2016.

No Estádio Republican, em Erevan, a equipa das ‘quinas’ sofreu e muito para somar a quarta vitória consecutiva no Grupo I e acabou por contar com a inspiração de Ronaldo, que foi uma vez mais decisivo.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> Portugal venceu na Arménia por 3-2, com um 'hat-trick' do capitão Cristiano Ronaldo. Uma vitória importante para a…

Posted by Seleções de Portugal on Sábado, 13 de Junho de 2015

O médio de origem brasileiro Marcos Pizzelli deu vantagem à Arménia, aos 14 minutos, mas Portugal respondeu com o primeiro golo de Ronaldo, aos 29, de grande penalidade.

O capitão da seleção portuguesa voltou a faturar, aos 55 e 58 minutos, mas a formação da casa ainda reduziu por Hrayr Mkoyan, aos 71, numa altura em que Portugal atuava com menos uma unidade, devido à expulsão de Tiago, aos 62.

Com este triunfo, o primeiro de sempre na Arménia depois dos empates em 1996 e 2007, a seleção portuguesa passou a somar 12 pontos na liderança do Grupo I, estando muito perto de carimbar o apuramento.

Este resultado também mantém o ciclo vitorioso do selecionador Fernando Santos – hoje ausente do banco, por castigo -, que soma apenas triunfos desde que tomou conta da equipa, em jogos oficiais.

No ‘onze’ luso, Vierinha foi o escolhido para ocupar o lado direito da defesa, enquanto Fábio Coentrão apareceu novamente a meio campo. Como se esperava, Fernando Santos voltou a apostar num ataque mais móvel, composto pelos habituais Danny e Nani no apoio a Cristiano Ronaldo.

Em jogo de golaços, Cristiano Ronaldo marca três vezes, e Portugal bate a Armênia http://t.co/WKlJTmLtv0pic.twitter.com/KxT6pqxcz7

— Superesportes PE (@superesportesPE) 13 junho 2015

Destaque para a inclusão de Ricardo Carvalho, que assim se tornou, aos 37 anos, no jogador de campo mais velho a vestir a camisola lusa.

A seleção portuguesa entrou na partida a pressionar o adversário no seu meio campo, mas cedo mostrou que algo não estava a funcionar, sobretudo nas transcrições ofensivas.

Uma perda infantil de bola de Fábio Coentrão resultou num primeiro susto de Rui Patrício e, pouco depois, a Arménia adiantou-se mesmo no marcador, na sequência de uma falta desnecessária de Bruno Alves.

Aos 14 minutos, o médio Pizzelli viu o guarda-redes da seleção nacional mal colocado e atirou certeiro com um belo remate de pé esquerdo, dando vantagem à Arménia.

Neste lance, Rui Patrício parece estar a espera do cruzamento e acabou surpreendido com o remate direto.

Mesmo em desvantagem, e com Ronaldo muito desacompanhado na frente, Portugal continuou a ter muitas dificuldades a meio campo, mas acabou por chegar ao empate, com um golo de caiu do ‘céu’.

Moutinho, dos melhores até à altura, foi derrubado à entrada da grande e Ronaldo converteu sem dificuldades a grande penalidade, aos 29 minutos.

Com o golo, a formação portuguesa ganhou algum ascendente, mas só conseguiu incomodar Berezovski já perto do intervalo, com um remate Coentrão que o veterano guardião arménio respondeu com uma excelente defesa. Antes do apito para o descanso, um adepto invadiu o campo e conseguiu correr uma boa centrena de metros antes de ser apanhado pelos seguranças do jogo (vídeo em baixo).

A Arménia, a necessitar da vitória para continuar a ter possibilidade de chegar à fase final, regressou dos balneários com um atitude mais ofensiva e até chegou perto da Patricio, com remates ‘venenosos’ de Pizzelli e Mkhitaryan.

Contudo, as esperanças arménias sofreram um rude golpe da autoria de Cristiano Ronaldo, que em poucos minutos deixou Portugal com dois golos de vantagem.

PUBLICIDADE

Primeiro, o ‘capitão’ luso aproveitou, aos 55 minutos, uma falha de comunicação entre um defesa e o guarda-redes da equipa da casa para, com um toque subtil, colocar a bola dentro de baliza e depois, aos 58, voltou a marcar com um fantástico remate do meio da ‘rua’.

Subitamente, e sem grande brilho, Portugal ficou uma confortável vantagem na partida, mas o cenário mudou de figura, quando Tiago viu o segundo cartão amarelo e respetivo vermelho, aos 62 minutos.

Ilídio Vale, no lugar do castigado Fernando Santos, colocou de pronto William Carvalho no lugar de Danny, mas a Arménia conseguiu voltar ao jogo, novamente num lance com responsabilidades para Patrício.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)0; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));> Fernando Santos no balneário da Equipa das Quinas, no final do jogo com a Arménia. O Selecionador Nacional não esteve no…

Posted by Seleções de Portugal on Sábado, 13 de Junho de 2015

O guarda-redes do Sporting fez uma defesa incompleta e praticamente ‘assistiu’ Mkoyan para o 3-2, aos 71 minutos.

PUBLICIDADE

Apesar do golo sofrido, que fez acordar o público, Portugal conseguiu aguentar a vantagem, com Adrien, que rendeu um irreconhecível Coentrão, a entrar muito bem na partida.

A 10 minutos do fim, Ricardo Carvalho, devido a problemas físicos, teve que sair e deu lugar a José Fonte, mas a defesa lusa manteve-se segura apesar de uma ou outra tentativa dos arménios.

Os golos de Ronaldo

Cristiano Ronaldo passou este sábado a contar 26 golos em europeus (fases de qualificação incluídas), 55 pela seleção portuguesa de futebol e 66 em 2014/15, ao conseguir o terceiro ‘hat-trick’ consecutivo, na Arménia (3-2), no apuramento para o Euro2016. Depois de ter fechado a época no Real Madrid com três golos ao Espanyol e outros tantos ao Getafe, o ‘capitão’ luso repetiu a dose pela equipa das ‘quinas’, ao marcar aos 29, 55 e 58 minutos, o primeiro de grande penalidade.

Para quem fala mal do Ronaldo só tenho uma coisa a dizer… HAT-TRICK ! pic.twitter.com/dCNEF1ARKv

— Mestre da pinta ИИ (@original_mestre) 13 junho 2015

No que respeita a jogos em europeus, contabilizado qualificação e fase final, Ronaldo solidificou a liderança no histórico, agora com 26 golos, já mais quatro do que o turco Hakan Sukur e o dinamarquês Jon Dahl Tomasson.

No que respeita apenas à fase prévia, o jogador luso saltou hoje para o segundo lugar, com mesmos 20 tentos de Sukur e apenas menos um do que o irlandês Robbie Keane.

PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo marcou ainda seis tentos em fases finais: dois em Portugal (2004), um na Áustria e Suíça (2008) e três na Polónia e Ucrânia (2012).

O ‘7’ luso apenas é batido pelo francês Michel Platini (nove) e o inglês Alan Shearer (sete), seguindo empatado com o compatriota Nuno Gomes, os holandeses Patrick Kluivert e Ruud van Nistelrooy e o gaulês Thierry Henry.

No que respeita à seleção lusa, o madeirense, que hoje cumpriu o seu 120.º encontro (está a sete do líder Figo), solidificou a liderança dos marcadores: conta agora 55 golos, contra 47 de Pauleta e 41 do ‘rei’ Eusébio.

Em relação à época 2014/15, Cristiano Ronaldo soma 66 tentos, em 60 encontros, sendo que passou a estar acima de um golo por jogo em 2015, com 32 golos em 31 jogos.

A temporada fecha para o jogador português na terça-feira, dia em que Portugal defronta a Itália, num encontro particular marcado para Genebra, na Suíça.

PUBLICIDADE

“Capitão” é dispensado do “amigável” com a Itália

Cristiano Ronaldo foi dispensado pelo selecionador português de futebol, Fernando Santos, do particular de terça-feira com a Itália, marcado para Genebra, na Suíça, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Numa curta nota publicada no seu sítio oficial, e sem explicar os motivos, a FPF avança que o jogador do Real Madrid falha o último encontro da época 2014/15.

Além do ‘capitão’ luso, Fernando Santos também dispensou Danny, jogador do Zenit. William Carvalho e Bernardo Silva, por fim, vo juntar-se à seleção que vai disputar o Europeu de sub-21, na República Checa, entre 17 e 30 de junho.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mitrovic destaca ambiente nos jogos e antecipa mais estrelas na Liga saudita

Karim Benzema despede-se do Real Madrid com uma proposta das arábias

Roberto Martínez é o novo selecionador de Portugal