Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

O cartaz da discórdia entre a diplomacia suíça e os golfistas venezuelanos

O cartaz da discórdia entre a diplomacia suíça e os golfistas venezuelanos
Tamanho do texto Aa Aa

A Venezuela e da Suíça estão à beira de uma crise diplomática, por causa de bolas de golfe.

A notícia, que parece surreal, está a desencadear a hilaridade nas redes sociais e Media em geral.

A tensão entre os dois países começou depois Sabine Ulmann, embaixadora hevéltica em Caracas, colocar um cartaz em cima do muro da residência, que faz fronteira com o campo de golfe. Nele pode ler-se: “É perigoso lançar bolas de golfe para território suíço. “

A comunicação refere ainda que, se uma bola magoar ou matar alguém a responsabilidade será eclusivamente do jogador, do Caracas Country Club e da Federação Venezuelana de Golfe.

Como se não bastasse, “qualquer bola que caia no local implica a violação da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas”, acrescenta.

A Federação Venezuelana alega que, quando a Suíça decidiu escolher essa propriedade como residência de embaixador, estava plenamente consciente de que a terra ao lado era um campo de golfe, e pede, laconicamente, para a Embaixada retirar o cartaz.