A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O cartaz da discórdia entre a diplomacia suíça e os golfistas venezuelanos

O cartaz da discórdia entre a diplomacia suíça e os golfistas venezuelanos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Venezuela e da Suíça estão à beira de uma crise diplomática, por causa de bolas de golfe.

A notícia, que parece surreal, está a desencadear a hilaridade nas redes sociais e Media em geral.

A tensão entre os dois países começou depois Sabine Ulmann, embaixadora hevéltica em Caracas, colocar um cartaz em cima do muro da residência, que faz fronteira com o campo de golfe. Nele pode ler-se: “É perigoso lançar bolas de golfe para território suíço. “

A comunicação refere ainda que, se uma bola magoar ou matar alguém a responsabilidade será eclusivamente do jogador, do Caracas Country Club e da Federação Venezuelana de Golfe.

Como se não bastasse, “qualquer bola que caia no local implica a violação da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas”, acrescenta.

A Federação Venezuelana alega que, quando a Suíça decidiu escolher essa propriedade como residência de embaixador, estava plenamente consciente de que a terra ao lado era um campo de golfe, e pede, laconicamente, para a Embaixada retirar o cartaz.