EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Estado Islâmico reivindica atentado no Cairo

Estado Islâmico reivindica atentado no Cairo
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira com LE FIGARO
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ataque bombista no consulado italiano fez um morto e nove feridos.

PUBLICIDADE

O grupo radical Estado Islâmico reivindicou o atentado à bomba que deixou parcialmente destruído o consulado de Itália no Cairo. A explosão foi provocada por um carro armadilhado, carregado com 450 quilos de explosivos. Fez um morto e nove feridos. Tudo aconteceu às primeiras horas da manhã.

O primeiro-ministro egípcio, Ibrahim Mahlab, fala de uma guerra contra o terrorismo que o mundo inteiro tem de levar a cabo. O governo italiano, através do ministro dos Negócios Estrangeiros, Paolo Gentiloni, disse que o país não se deixaria intimidar.

Bomba al nostro Consolato al #Cairo. Non risultano vittime italiane. Vicini alle persone colpite e al personale. Italia non si fa intimidire

— Paolo Gentiloni (@PaoloGentiloni) July 11, 2015

Os atentados no Egito multiplicaram-se desde a destituição, em 2013, do presidente Mohamed Morsi e da Irmandade Muçulmana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ofensiva em Rafah iminente: Israel pede aos palestinianos que abandonem zona oriental da cidade

Hamas deve responder à proposta de Israel nas próximas 48 horas

Pelo menos três mortos, entre os quais duas crianças, na explosão de carro armadilhado na Síria