União Europeia procura soluções para a onda de migração

União Europeia procura soluções para a onda de migração
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia continuam a debater soluções para o problema dos milhares de migrantes. Informal meeting of

PUBLICIDADE

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia continuam a debater soluções para o problema dos milhares de migrantes.

Informal meeting of #EU Foreign Ministers #Gymnich: family photo. Luxembourg, today. pic.twitter.com/ELIbn45hfd

— Maja Kocijančič (@MajaEUspox) 4 setembro 2015

O consenso não é fácil e o ministro húngaro aproveitou para dizer que o transporte dos requerentes de asilo, não registados, da Hungria à fronteira austríaca, mostra o fracasso da política de migração da UE.

Federica Mogherini, Alta Representante da União Europeia para a política externa, respondeu às acusações:

“Temos de fortalecer, mais ainda, a cooperação e o nosso trabalho conjunto, sem andarmos a culpar-nos uns aos outros, europeus, Estados-membros, países candidatos, instituições.”

We can only overcome #RefugeeCrisis if we act as a true union in full solidarity http://t.co/l2hx4H1CxD#Greecepic.twitter.com/JS7BQaWHY9

— DimitrisAvramopoulos (@Avramopoulos) 4 setembro 2015

Por seu lado, o ministro do Negócios Estrangeiros da Áustria, país de passagem dos migrantes que querem chegar à Alemanha, acredita que as coisas têm de mudar:

“A última noite foi uma espécie de despertar para a situação complicada em que a Europa está. Espero que sirva para que compreendamos que a situação não pode continuar como está.”

Enquanto a União Europeia não decide a questão das quotas de migração, ou que responsabilidades terá cada país sobre os migrantes que chegam à Europa, o Primeiro-ministro finlandês anunciou, na televisão pública, que está disponível para receber migrantes na sua casa de campo, raramente ocupada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores da Chéquia, Eslováquia, Polónia e Hungria bloqueiam fronteiras em protesto conjunto

As razões para a mega-manifestação dos agricultores em Madrid

Violência de Género em destaque na W20