Última hora

Última hora

Papa ovacionado de pé no Congresso dos EUA

Em leitura:

Papa ovacionado de pé no Congresso dos EUA

Papa ovacionado de pé no Congresso dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

Foi um discurso muito aplaudido, este do Papa Francisco no Congresso norte-americano.

Nós, o povo deste continente, não temos medo de estrangeiros, porque muitos de nós também já fomos estrangeiros.

À chegada, Francisco foi recebido por dezenas de milhares de pessoas que se juntaram junto ao Capitólio.

Este foi o primeiro discurso alguma vez feito por um Papa na câmara legislativa do país, que tem 22% de católicos.

O Sumo Pontífice insistiu na necessidade de acolher imigrantes, lutar contra a pobreza e desigualdades e proteger o meio ambiente.

“Nós, o povo deste continente, não temos medo de estrangeiros, porque muitos de nós também já fomos estrangeiros. Construir uma nação significa relacionarmo-nos com os outros. Rejeitar um quadro mental de hostilidade e adotar um de reciprocidade”, disse o Papa.

O Papa atacou também a pena de morte e, indiretamente, o aborto. Ora arrancava aplausos aos democratas, ora aos republicanos., ora a toda a assembleia, muitas vezes de pé.

Centrou o discurso em quatro nomes norte-americanos que lutaram pela justiça: Abraham Lincoln, Martin Luther King., a ativista social católica Dorothy Day e o padre, escritor e ativista Thomas Merton.

No final, saudou a multidão da varanda do Capitólio e rematou com uma frase querida de todos os americanos: “God bless America” (Deus abençoe a América).