Forças terrestres sauditas entram no Iémen

Forças terrestres sauditas entram no Iémen
De  Ricardo Figueira com EFE, AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Além de avançar com tropas terrestres, a coligação liderada pelos sauditas intensifica os ataques aéreos.

PUBLICIDADE

A Arábia Saudita já não se limita aos ataques aéreos no Iémen: Agora são as forças terrestres do Reino que se apresentam em plena luz do dia.

Os sauditas lideram uma coligação militar contra os rebeldes Houthis, que tenta restaurar no poder o presidente exilado Abd-Rabbu Mansour Hadi.

“A força de operações especiais da Arábia Saudita em Aden é uma força conjunta das tropas especiais sauditas, da Força Aérea e da Marinha, que operam conjuntamente com os nossos parceiros da coligação, que são as forças dos Emirados Árabes Unidos”, explica o comandante desta força conjunta, o coronel Abdullah Al Sahayan.

Os ataques aéreos da coligação não param e continuam a fazer um grande número de vítimas, incluindo muitos civis.

O último mais sangrento aconteceu contra uma festa de casamento na província de Taiz, no sudoeste do país. As contagens de vítimas diferem, mas a agência EFE, citando a agência iemenita Saba, dá conta de mais de 130 mortos, incluindo um grande número de mulheres e crianças. As forças da coligação atacaram uma concentração de veículos e tendas. Não se sabe se terão confundido com uma instalação militar ou se havia outro motivo para o ataque.

Desde a escalada do conflito no verão do ano passado, os combates já fizeram cerca de cinco mil mortos e 25 mil feridos, incluindo um grande número de civis, segundo a ONU.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA e Reino Unido atacam alvos Houthi no Iémen depois de um navio ter sido atingido no Mar Vermelho

EUA avisam que não vão parar ataques contra militantes apoiados pelo Irão no Iraque e na Síria

Tripulação apaga incêndio em petroleiro atingido por míssil Houthi ao largo do Iémen