A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Pistorius, libertado após um ano de prisão, enfrenta novo julgamento

Pistorius, libertado após um ano de prisão, enfrenta novo julgamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Oscar Pistorius, o campeão paralímpico sul-africano condenado a cinco anos de prisão pela morte da sua namorada em 2013, deverá sair em liberdade esta terça-feira, depois de ter cumprido apenas um ano da pena.

Oscar Pistorius, o campeão paralímpico sul-africano condenado a cinco anos de prisão pela morte da sua namorada em 2013, deverá sair em liberdade esta terça-feira em Pretória, depois de ter cumprido um ano da pena, mas terá de enfrentar novo julgamento a partir de novembro, já que o Ministerio Publico recorreu da sentença.

No entanto, Pistorius terá de enfrentar novo julgamento a partir de novembro, já que o Ministério Público sul-africano recorreu da sentença e deseja ver o atleta condenado por assassinato e não por homicídio involuntário.

A possível condenação por assassinato implicaria que Oscar Pistorius poderia vir a passar muito mais do que cinco anos preso.

Foi em 2013, durante a noite de São Valentim, que Oscar Pistorius disparou contra aquela que era então sua então namorada, Reeva Steenkamp, cujo cadáver foi depois encontrado na sua casa da capital sul-africana.

Pistorius manteve, ao longo do mediático processo, que pensou tratar-se de um assaltante escondido na casa-de-banho e que o fez em legítima defesa.

Em outubro de 2014, a justiça sul-africana condenou-o a cinco anos de prisão por homicídio involuntário.