Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Itália: Arrancou privatização parcial da Poste Italiane

Itália: Arrancou privatização parcial da Poste Italiane
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Sem grande entusiasmo, decorreu a entrada em a bolsa de parte dos serviços dos correios italianos.
A Poste Italiane lançou no mercado 38,2% do capital a um preço inicial de 6,75 euros por ação, ou seja, o grupo fica avaliado em quase 9 mil milhões de euros.

Com esta fase de privatização, o Estado italiano, o único proprietário até agora do grupo, espera arrecadar mais de 3 mil milhões de euros. Um valor que deve ser destinado à redução da dívida pública.

A Poste Italiane foi criada em 1862, após a unificação da Itália. Atualmente conta com 143.000 funcionários.
Para além dos correios, outras privatizações devem esstar na calha: a Enav (controlo aéreo) e a da empresa ferroviária Ferrovie dello Stato. Estas devem ocorrer “no segundo semestre de 2016”, tal como revelou o ministério das Finanças.