Roménia vive terceira noite consecutiva de protestos

Roménia vive terceira noite consecutiva de protestos
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pela terceira noite consecutiva, um mar de gente saiu às ruas de Bucareste para protestar contra a corrupção da classe política, a quem acusam de ser

PUBLICIDADE

Pela terceira noite consecutiva, um mar de gente saiu às ruas de Bucareste para protestar contra a corrupção da classe política, a quem acusam de ser responsável pela tragédia na discoteca que fez 32 mortos há uma semana.

A onda de contestação não se ficou pela capital da Roménia, outras cidades também foram palco de protestos de milhares de pessoas.

O presidente quer que sejam eleitos representantes para uma reunião esta sexta-feira.

Entre os manifestantes, há exigências. “Talvez eleições antecipadas. Vamos ver cuidadosamente a lista de representantes e dizer aos jovens que têm o nosso apoio, mas que têm de ser cuidadosos em quem confiam e votam”, diz uma mulher.

A contestação fez mesmo cair o primeiro-ministro Victor Ponta. Hoje um novo chefe de governo foi nomeado.

“Falei com todos os líderes partidários e desejo ter o apoio deles para continuar esta missão que na minha opinião é difícil. A Roménia é e deve continuar a ser um fator estabilidade”, afirmou Sorin Campeanu, o novo chefe de governo.

O turbulento cenário político romeno pode terminar em eleições antecipadas. A gestão da crise está nas mãos do presidente Klaus Iohannis. Analistas consideram que o chefe de Estado poderá estabelecer um governo interino até às eleições de 2016.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"O presidente tem uma missão bastante delicada"

A "revolução" romena

Professores romenos em greve por melhores salários e condições de trabalho