Mais de 20 suspeitos de jihadismo detidos um pouco por toda a Europa

Mais de 20 suspeitos de jihadismo detidos um pouco por toda a Europa
De  Dulce Dias com TRT, RAI, Reuters e AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma rede que operava em Itália, Reino Unido, Noruega, Finlândia, Suíça e Alemanha foi desmantelada. Na Turquia, várias operações foram igualmente levadas a cabo

PUBLICIDADE

Foi desmantelada uma rede jihadista europeia que manobrava para libertar o chefe do grupo terrorista Ansar Al-Islam, o mulá Krekar, um curdo iraquiano atualmente detido na Noruega.

A operação – coordenada pela Eurojust, o organismo de cooperação judiciária da União Europeia – levou à detenção de 13 pessoas, em Itália, no Reino Unido, e na Noruega. A rede estendia-se ainda à Finlândia, à Suíça e à Alemanha.

Italian police swoop on international 'jihadist network' >> https://t.co/0jDmjZxNeo

#italy#italia#mullahKrekarpic.twitter.com/iJ39xnMNrd

— The Peninsula (@PeninsulaQatar) November 12, 2015

Giancarlo Capaldo, o procurador de Roma, explica: “A partir da análise da internet, identificámos alguns indivíduos que efetuam atividades de proselitismo com vista à criação de estruturas armadas e que louvam a guerra santa.”

Foram também emitidos mandados de detenção de várias pessoas que combatem pelo Estado Islâmico, no Iraque e na Síria.

Na Turquia, foram 11 pessoas – de sete nacionalidades diferentes – que foram detidas, suspeitas de pertenceram ao Estado Islâmico. Segundo a polícia, a operação ainda não terminou e mais suspeitos podem ser detidos.

#Turkey arrests 9 alleged ISIL members preparing attack https://t.co/NLUQkeoqlupic.twitter.com/e8Ukg496Pb

— Today's Zaman (@todayszamancom) November 4, 2015

A Turquia, que recebe, em Antália, os líderes mundiais este fim de semana, para uma reunião do G20, tem redobrado os esforços na luta contra o terrorismo e já deteve mais de 1000 suspeitos de várias nacionalidades.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia italiana detém alegado membro ativo do Estado Islâmico em Roma

Itália reforça medidas de segurança no fim de semana de Páscoa

Sequestro no Mediterrâneo: Navio turco já está em segurança no porto de Nápoles