A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia: Segunda greve geral em menos de um mês

Grécia: Segunda greve geral em menos de um mês
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 1500 atenienses saíram à rua em protesto, esta quinta-feira. Mais uma greve geral contra as políticas de austeridade acordadas entre o governo e os credores internacionais.

Os principais sindicatos convocaram uma segunda paralisação para protestar, principalmente contra o sistema de pensões, que contempla cortes nas prestações e subida dos impostos.

“Dizemos “não” às novas medidas da Segurança Social, que pretendem aumentar a idade da reforma para os 67 anos. Lutamos para salvar os nossos salários. Lutamos pelos nossos filhos”, diz um manifestante.

Durante 24 horas, os serviços públicos estiveram fechados. Médicos, enfermeiros e trabalhadores da saúde asseguram os serviços mínimos. O transporte público foi interrompido.

“Depois de quase dez meses sem protestos em larga escala, esta é a segunda greve geral que o partido de esquerda Syriza enfrenta em pouco mais de três semanas. Os trabalhadores estão descontentes com as novas medidas de austeridade acordadas entre o governo e os credores internacionais” – Stamatis Giannisi, repórter da euronews em Atenas.