EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Nigéria: Bombista desiste de se suicidar

Nigéria: Bombista desiste de se suicidar
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No ataque suicida, de terça-feira, a um campo de refugiados na Nigéria, sabe-se agora que eram três as mulheres que deveriam fazer-se explodir. Uma

PUBLICIDADE

No ataque suicida, de terça-feira, a um campo de refugiados na Nigéria, sabe-se agora que eram três as mulheres que deveriam fazer-se explodir. Uma delas acabou por temer que os seus pais e irmãos estivessem ali instalados e desistiu e entregou-se às autoridades. Esta mulher terá alertado os militares que ali se encontravam para outros atentados que estarão a ser preparados:

“Vieram de uma cidade vizinha chamada Boboshe, isto de acordo com a mulher que foi detida, ela confessou porque pensa que os seus pais estão no campo e, por isso, recusou-se a detonar a sua bomba”, adiantou Ahmed Satomi, pelo departamento de emergência de Borno.

Não houve reivindicação deste ataque que, presume-se, esteja ligado aos extremistas do grupo Boko Haram que pretende instaurar um califado no norte da Nigéria.

Desde 2009 pelo menos 17 mil pessoas morreram e há mais de dois milhões e seiscentos mil deslocados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Olaf Scholz de olhos postos no gás africano

Houthis do Iémen fazem ataque mortífero com drone em Telavive

María Corina Machado, líder da oposição venezuelana e principal rival de Nicolás Maduro, sofreu tentativa de assassinato