Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Banco da Rússia quer limitar exposição aos câmbios

Banco da Rússia quer limitar exposição aos câmbios
Tamanho do texto Aa Aa

O banco central da Rússia quer limitar os efeitos da exposição ao mercado de câmbios. A governadora do Banco da Rússia, Elvira Nabiullina, deu uma entrevista à Reuters onde descreve como vai lutar contra esses efeitos, numa altura em que o rublo continua próximo de mínimos históricos face às principais divisas ocidentais.

Uma das medidas previstas é aumentar a regulação dos bancos, para minimizar a exposição às divisas. Nabiulina quer também fazer com que o grosso dos empréstimos contraídos na Rússia seja em rublos e não em dólares, como tem sido prática corrente.

O banco central tomou já várias medidas. Em 2014, depois da imposição das sanções internacionais que levaram à queda do rublo, a taxa de juro diretora chegou a estar nos 17% e é agora de 11%. Além das sanções, a queda no preço do petróleo tem estado a pesar também na cotação da moeda.