A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O último adeus a Prince

O último adeus a Prince
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O último adeus a Prince decorreu em Paisley Park, na casa em que habitava, no Minnesota, este sábado.

O corpo do artista norte-americano foi cremado durante uma cerimónia íntima e as cinzas vão ser mantidas em local privado, de acordo com um comunicado da família. Uma “celebração musical” pública de despedida ainda será ainda anunciada.

Larry Grahm, antigo companheiro de palco, baixista de Prince, declarou: “Prince fez de todos nós melhores músicos e espiritualmente, é a coisa mais importante, ele era um homem muito espiritual, ele transportou-nos e fez-nos melhor e nós sentimos imenso a sua perda”.

O músico morreu na quinta-feira, aos 57 anos. O seu corpo foi encontrado na sua casa em Paisley Park, já sem vida. As causas da sua morte ainda não foram esclarecidas.