EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Barack Obama afirma que a sociedade norte-americana não está assim tão dividida quanto parece e apela à reconciliação

Barack Obama afirma que a sociedade norte-americana não está assim tão dividida quanto parece e apela à reconciliação
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Barack Obama apelou à reconciliação entre polícias e a comunidade negra dos Estados Unidos, esta terça-feira, na cerimónia de homenagem aos cincos polícias mortos durante um protesto contra o…

PUBLICIDADE

Barack Obama apelou à reconciliação entre polícias e a comunidade negra dos Estados Unidos, esta terça-feira, na cerimónia de homenagem aos cincos polícias mortos durante um protesto contra o racismo.

O presidente dos Estados Unidos falou nas divisões sociais que existe no país e sublinhou que essas divisões não são assim tão grandes quanto as redes sociais ou os “media” transmitem.

Obama elogiou, ainda, o trabalho dos polícias, que colocam muitas vezes a vida em risco para salvar a de outras pessoas.

“Quando as balas começaram a voar, os homens e mulheres da polícia de Dallas não vacilaram, não reagiram de forma imprudente. Mostraram uma contenção incrível. Contaram com a ajuda de alguns manifestantes em certos momentos. Colocaram em segurança os feridos. Isolaram o atirador, Salvaram mais vidas do que alguma vez saberemos”, disse o presidente dos Estados Unidos.

Na passada semana, a morte de dois homens negros por agentes de autoridade norte-americanos, em 48 horas, provocou uma onda de protestos.

A comunidade negra acusa a polícia de abusos por motivos raciais e terá sido esse o motivo que levou o ex-militar Micah Xavier Johnson, de 25 anos, a matar os polícias durante a manifestação de quinta-feira, dia 8 de julho.

Cinco agentes foram abatidos, sete ficaram feridos, alguns com gravidade.

Barack Obama referiu que já fez muitos discursos e que está na hora de amar não com palavras, mas com atitudes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares participam em vigília pelos polícias assassinados nos EUA

Morte de Alexei Navalny provoca reação internacional

Reta final para as eleições intercalares nos EUA