Última hora

Última hora

Turquia reabre base aérea da NATO após deter responsável da instalação

Turquia reabre base aérea da NATO após deter responsável da instalação
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia reabriu esta tarde a base aérea de Incirlik, no sul do país utilizada pela NATO e a aviação norte-americana e encerrada durante a tentativa de golpe militar de sexta-feira.

O Pentágono anunciou que as operações da coligação militar internacional contra o grupo Estado Islâmico (EI) foram retomadas, depois de Ancara ter encerrado o seu espaço aéreo a aviões militares no início do fim de semana.

O governo turco tinha ordenado, esta manhã, a detenção do responsável da base, o general Bekir Van e de uma dezena de militares, acusados de cumplicidade com os golpistas.

Segundo um responsável turco citado pela agência France Presse, as autoridades suspeitam que os aviões que bombardearam na sexta-feira o parlamento e o palácio presidencial em Ancara teriam sido reabastecidos em Incirlik.

O encerramento repetino das instalações tinha criado fricções entre Washington e Ancara, ao ameaçar as operações contra o EI na Síria e no Iraque.

Cerca de 1500 militares e civis norte-americanos encontram-se atualmente em Incirlik, onde os EUA têm estacionados vários drones, aviões de ataque A-10, aviões de guerra eletrónica Prowler assim como vários aparelhos de reabastecimento.