EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Alemanha: Inquérito levanta dúvidas sobre identidade e nacionalidade do autor do atentado

Alemanha: Inquérito levanta dúvidas sobre identidade e nacionalidade do autor do atentado
Direitos de autor 
De  Euronews com AFP, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O inquérito ao atentado num comboio na Alemanha começa a levantar algumas questões, nomeadamente sobre a identidade e a nacionalidade do autor.

PUBLICIDADE

O inquérito ao atentado num comboio na Alemanha começa a levantar algumas questões, nomeadamente sobre a identidade e a nacionalidade do autor. Especialistas em língua pachtun afirmam que o sotaque do terrorista que se pode escutar neste vídeo é proveniente do Paquistão. Instado a comentar a informação, o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, foi prudente e recordou que os pachtuns vivem no Afeganistão e no Paquistão. Por outro lado, há a informação que um amigo do terrorista tinha sido morto no Afeganistão pouco antes do atentado, o que poderia ter constituído um motivo para o ataque.

Evocando a ligação entre refugiados e terrorismo, o ministro alemão referiu que os serviços de segurança recebem muitas indicações neste sentido mas que na grande maioria dos casos são falsas. No entanto, sublinhou, algumas destas indicações têm de ser examinadas com muita atenção, pelo que também “não é possível dizer que não há ligações entre refugiados e terrorismo”.

Thomas de Maizière explicou na conferência de imprensa desta quarta-feira em Berlim que o terrorista parece ter agido sozinho e que terá sido influenciado pela propaganda do autoproclamado Estado Islâmico.

O facto de o terrorista ter atacado uma família chinesa de Hong Kong foi salientando pelo ministro, para quem as vítimas não representam a Alemanha nem o mundo ocidental.

O atentado ocorreu na segunda-feira noite num comboio regional perto de Wurtzbourg, na Baviera, e fez quatro feridos, dois estão em estado crítico. Alguns familiares das vítimas chegaram à Alemanha esta quarta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento alemão debate violência no país e condena ataque contra Robert Fico

Borrell compara destruição em Gaza com danos causados nas cidades alemãs na Segunda Guerra Mundial

Três alemães detidos por suspeitas de espiarem para a China