Última hora
This content is not available in your region

Air France KLM teme resultados depois de atentados na Europa

euronews_icons_loading
Air France KLM teme resultados depois de atentados na Europa
Tamanho do texto Aa Aa

Com Financial Times e klm.com

O grupo franco-holandês Air France KLM mostra-se pessimista quanto aos resultados deste ano.

Tal como outras companhias aéreas, a empresa teme uma redução do número de passageiros depois dos ataques terroristas em França, Alemanha e Bélgica.

O resultado do referendo do Brexit no Reino Unido e a incerteza que paira sobre a economia europeia pesam também na análise da Air France KLM.

Outro fator relevante são as greves de pessoal que têm vindo a afetar o grupo, movimentos sociais apoiados pelos principais sindicatos.

A Air France KLM registou uma queda nas vendas de 5,2% entre abril e junho, uma tendência para a qual contribuiu a quebra na procura em mercados como a China e o Japão. A necessidade de reduzir os preços das passagens impedirá o grupo de poupar no combustivel nos próximos meses.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.