EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Clinton e Trump interrompidos por manifestações

Clinton e Trump interrompidos por manifestações
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

No mesmo dia em que uma nova sondagem dá um reforço da vantagem de Hillary Clinton sobre Donald Trump na corrida à Casa Branca, os dois candidatos presidenciais norte-americanos foram interrompidos du

PUBLICIDADE

No mesmo dia em que uma nova sondagem dá um reforço da vantagem de Hillary Clinton sobre Donald Trump na corrida à Casa Branca, os dois candidatos presidenciais norte-americanos foram interrompidos durante comícios.

A democrata Hillary Clinton foi surpreendida por ativistas dos direitos dos animais em Las Vegas.

“Okay, vamos continuar a falar e aparentemente estas pessoas estão aqui para protestar contra o Trump, porque o Trump e os filhos mataram imensos animais, por isso obrigado por sublinharem isso”, disse Clinton.

O republicano Donald Trump esteve em Portland, no Maine, e enfrentou um protesto durante o comício. Entre a audiência um grupo de pessoas ergueu a constituição norte-americana.

Trump desvalorizou, o episódio, que acontece depois de o candidato ter sido acusado de desconhecer a constituição por um muçulmano, pai de um soldado morto no Iraque.

“É um pouco grosseiro, sabem, quando pensamos bem nisso. Temos pessoas a interromper-nos constantemente. Mas o que é facto, é que não tem acontecido muito. Eu diria que começo a sentir faltar daqueles que protestam contra mim”, declarou Trump.

Clint Eastwood vota em TrumpNuma entrevista à revista Esquire, Clint Eastwood anunciou que vai votar em Donald Trump mas que não o endossava.

O ator de 86 anos, republicano, referiu não ter outra opção e criticou a maneira estar dominante do “politicamente correto” da maioria dos americanos

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado