Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Kerry pede força da ONU para o Sudão do Sul

Kerry pede força da ONU para o Sudão do Sul
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O secretário de Estado norte-americano insistiu hoje na necessidade de enviar uma “força de proteção” da ONU, composta por tropas africanas, para a capital do Sudão do Sul, palco de violentos combates em julho.

John Kerry considera que os estados regionais devem comprometer-se em dar impulso à implantação planeada de tropas extras da ONU ao Sudão do Sul.

“Os líderes do Sudão do Sul têm que assumir a sua responsabilidade. Têm que colocar o interesse dos seus cidadãos em primeiro lugar e eles têm de se abster de atos violentos e provocantes. É tempo de substituir a confrontação e a impunidade com a reconciliação e a responsabilidade. “

Kerry, que prometeu nova ajuda humanitária ao Sudão do Sul no valor de $ 138 milhões, disse que o contingente da ONU “não será uma força de intervenção, mas de proteção de civis”.

Na sequência dos combates em Juba no mês passado, o Quénia ofereceu-se para enviar militares para uma nova força, aprovada na ONU a 12 de agosto, juntamente com a Etiópia e o Ruanda.

Os cerca de 4.000 militares da nova força juntam-se aos 12.000 que integram a Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (UNMISS).