A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tunísia: Sétimo governo desde a revolução assume funções

Tunísia: Sétimo governo desde a revolução assume funções
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O novo executivo tunisino assumiu funções, esta segunda-feira. O governo que reúne vários partidos e sensibilidades vai ser liderado por Youssef Chahed de 40 anos, o chefe de Governo mais jovem na história da Tunísia.

Para fazer face à crise económica, o novo primeiro-ministro prepara-se para cortar na despesa – despedimentos no setor público – e para aumentar os impostos.

“A democracia passa pela consolidação das instituições e não de indivíduos em particular. Posso assegurar-vos que a revolução democrática tunisina vai continuar. Mas esta revolução está ameaçada se não conseguirmos atingir os objetivos económicos e sociais pelos quais as pessoas aguardam há seis anos” refere o primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed.

O combate ao terrorismo – que provocou importantes quebras no turismo – é outro dos desafios do novo executivo. Esta segunda-feira, três militares tunisinos foram mortos e sete ficaram feridos durante um ataque terrorista no Monte Sammama, na região de Kasserine.

De acordo com o Ministério da Defesa, os soldados morreram após a explosão de uma bomba à passagem do veículo militar onde seguiam.